Mostra de experiências em enfermagem na APS

06

Máximo de autores

01

Trabalhos por relator

30/09

Limite para envio

15/10

Limite para resultado

Dispõe sobre a seleção e premiação de trabalhos da V Mostra Nacional de Experiências em Enfermagem na Atenção Primária à Saúde, 2022.

1.1 A V Mostra Nacional de Experiências em Enfermagem na Atenção Primária à Saúde acontecerá durante o 73º Congresso Brasileiro de Enfermagem (CBEn), 7º Seminário Nacional de Diretrizes de Enfermagem na Atenção Básica em Saúde (SENABS) e 6º Colóquio Latino-americano de História da Enfermagem (CLAHEn), a realizar-se em Salvador (BA), de 16 a 19 de novembro de 2022;

1.2 Serão premiados nove relatos de experiências que melhor expressem a contribuição da enfermagem para o fortalecimento da Atenção Primária à Saúde (APS).

2.1 Estimular a divulgação e o compartilhamento de experiências realizadas por trabalhadoras(es) em enfermagem que atuam na APS;

2.2 Promover a reflexão e atualização sobre temas relevantes para o trabalho em enfermagem na APS;

2.3 Premiar experiências em cuidado, gestão, trabalho intersetorial e comunitário, educação para e pelo trabalho, pesquisa e inovação, desenvolvidas por trabalhadoras(es) em enfermagem na APS.

3.1 Podem submeter trabalhos à V Mostra Nacional de Experiências em Enfermagem na Atenção Primária em Saúde, enfermeiras(os), técnicas(os) e auxiliares de enfermagem, associados(as) da ABEn, inscritos no 73º CBEn;

3.2 O(a) relator(a) do trabalho deve estar inscrito(a) no 73º CBEn, com o pagamento da inscrição efetuado até 45 dias antes do evento.

4.1 A submissão de trabalhos será feita exclusivamente pela internet, na página do evento www.abeneventos.com.br/73cben, por meio do preenchimento de todos os campos do formulário eletrônico específico para a V Mostra;

4.2 Todos os conteúdos do trabalho submetido são de inteira responsabilidade das(os) autoras(es);

4.3 Os(as) autores(as) devem escolher apenas um Eixo Temático por trabalho, no momento da submissão à V Mostra;

 

4.4 Os trabalhos devem ser submetidos no formato de resumo expandido;

4.5 A submissão deve ser feita pelo(a) relator(a). Será aceito apenas um trabalho por relatora(or), nesta modalidade;

4.6 O número máximo de autores é de seis por trabalho e a ordem de autoria será informada no momento de inscrição pelo(a) relator(a);

4.7 No formulário de inscrição do resumo deve ser informado o nome completo dos(as) autores(as); o nome do(a) relator(a); a categoria – enfermeiro(a); técnico(a) em enfermagem; auxiliar de enfermagem; estudante de graduação; estudante de pós-graduação; outros profissionais da saúde;  profissionais de outras áreas -, a filiação institucional e o e-mail de todas(os) as(os) autoras (es).

5.1 Eixo 1 – Valorização do trabalho em Enfermagem na Atenção Primária à Saúde e produção de saberes e práticas.

5.1.1 Experiências de trabalhadoras(es) em enfermagem na APS referentes às intervenções de enfermagem no processo de produção de saberes e práticas, contemplando identidade profissional, reconhecimento social, desigualdades de gênero, classe social, racismo, assédio e outras formas de expressão de violências, processos de adoecimentos das(os) trabalhadoras(es), reflexos da infodemia e das políticas de desmonte do SUS;

5.1.2- Experiências de trabalhadoras(es) em enfermagem na APS referentes a gestão de sistemas, serviços e redes de atenção à saúde com qualificação do acesso, resolutividade, intersetorialidade, uso adequado dos recursos públicos da saúde e gestão da crise sanitária da Covid-19 nos serviços de APS.

5.2 Eixo 2 – Ciência, Tecnologia, Inovação: a produção e socialização de conhecimento em enfermagem na APS

5.2.1- Experiências de trabalhadoras(es) em enfermagem na APS no âmbito da produção, socialização e utilização do conhecimento em enfermagem que embasam o cuidado, a formulação e financiamento das políticas públicas, a participação popular em saúde, os saberes tradicionais e populares e a inovação tecnológica do cuidado, da gestão e da educação em saúde. Inclui relatos de vivências sobre os impactos da incorporação de tecnologias e da sua relação com a carga de trabalho da equipe de enfermagem na APS.

5.3 Eixo 3 – Sistemas de Saúde e política de formação em enfermagem

5.3.1 Experiências de intervenções na APS realizadas por trabalhadoras(es) em enfermagem,  voltadas ao fortalecimento do SUS, a defesa dos direitos sociais e da democracia, a criação e o fomento de estratégias de ensino/aprendizagem para enfrentamento dos diversos contextos na APS. Inclui também experiências de intervenções na APS dirigidas à promoção da participação das(os) trabalhadoras(es) nos espaços de decisão e a formulação de políticas públicas, direcionadas à formação técnica, à graduação e pós-graduação em enfermagem, à formação interprofissional e à Educação Permanente em Saúde.

6.1 A data limite para submissão dos trabalhos é 30 de setembro de 2022;

6.2 A divulgação dos resultados ocorrerá a partir de 15 de outubro de 2022, por e-mail e estará disponível na área restrita do(a) relator(a).

7.1 O resumo expandido deve ser estruturado e conter introdução, objetivos, métodos, resultados, conclusões e contribuições para o campo da enfermagem e saúde. O texto deve conter no mínimo 4.000 e no máximo 5.500 caracteres com espaços. Não inserir tabelas, gráficos ou figuras;

7.2 O título deve ser conciso e claro, escrito em caixa alta e conter até 120 caracteres com espaço;

7.3 Deve ser informado três descritores, de acordo com o DeCS (http://decs.bvs.br);

7.4 Devem ser inseridas  entre  três e cinco referências, no formato Vancouver. As referências não entram na contagem de palavras do resumo.

8.1 A avaliação dos trabalhos será feita pela Subcomissão de Coordenação do SENABS, por meio de um grupo de trabalho composto por membros do Departamento de Enfermagem na Atenção Básica (DEAB) da ABEn Nacional e especialistas nos temas indicados e convidados pelo Departamento;

8.2 Será uma avaliação duplo cega e o mesmo trabalho será avaliado por dois especialistas, de forma independente;

8.3 A avaliação será feita em duas etapas, sendo a primeira eliminatória e classificatória e a segunda apenas classificatória;

8.4 Na primeira etapa todos os trabalhos serão avaliados de acordo com os seguintes critérios:

Clareza do conjunto da escrita e utilização correta da linguagem na redação (2,0 pontos);

Objetivos precisos e claros e coerentes com o eixo escolhido (1,0 ponto);

Metodologia que descreva o cenário e sujeitos, que inclua as etapas da intervenção/ação, bem como as estratégias de verificação dos efeitos ou impactos alcançados (2,5 pontos);

Descrição dos resultados alcançados com a experiência (2,5 pontos);

Conclusões fundamentadas nos resultados e apresentação das implicações relevantes do estudo para o campo da Enfermagem e/ou da saúde (2,0 pontos)

8.5 Nessa primeira etapa da avaliação, serão aprovados os trabalhos que alcançarem pontuação igual ou superior à cinco (5,0). Destes, os trinta trabalhos que alcançarem as maiores notas, dez para cada um dos três eixos do evento, serão selecionados para apresentação na forma de comunicação oral, na modalidade remota, com vídeos gravados previamente e presença ao vivo para arguição e debate. A apresentação oral pelo (a) relator(a) do trabalho é obrigatória.  

8.6 Na classificação dos trinta melhores trabalhos, sendo dez para cada um dos três eixos do evento, em caso de empate nas notas finais, serão considerados, em ordem, os seguintes critérios de desempate:

  1. Maior nota obtida na “descrição dos resultados”
  2. Maior nota obtida na descrição da “metodologia”
  3. Maior nota obtida nas “conclusões” e “implicações relevantes”

8.7 Os trabalhos aprovados, com nota igual ou superior a 5,0, mas que não estiverem entre os trinta melhores, serão indicados para apresentação na modalidade de pôster eletrônico;

8.8 Durante a apresentação oral, os trinta trabalhos passarão pela segunda etapa de avaliação para classificação dos nove melhores, três para cada eixo da Mostra, segundo os seguintes critérios:

  • Clareza e utilização correta da linguagem durante a apresentação (1,0 ponto);
  • Apresentação consistente do conteúdo de todos os itens do resumo do trabalho: introdução, objetivos, métodos, resultados, conclusões e contribuições para a enfermagem na APS (3,5 pontos);
  • Criatividade e qualidade dos recursos didáticos utilizados (1,0 ponto);
  • Organização da lógica da apresentação (1,0 ponto);
  • Segurança e domínio na exposição do conteúdo, bem como no esclarecimento das dúvidas das(os) avaliadoras(es) e participantes do evento (2,5 pontos);
  • Cumprimento do tempo determinado para a apresentação (1,0 ponto);

8.9 Nessa segunda etapa da avaliação serão classificados os trabalhos que obtiverem primeiro, segundo e terceiro lugar, em cada um dos três eixos do evento, a partir da média das notas obtidas no trabalho escrito e na apresentação oral;

8.10 Na classificação dos três  melhores trabalhos de cada um dos três eixos do evento, em caso de empate nas notas finais, serão considerados, em ordem, os seguintes critérios de desempate:

  1. Maior nota obtida no resumo na “descrição dos resultados”
  2. Maior nota obtida na apresentação oral do conteúdo do resumo
  3. Maior nota obtida na apresentação oral no quesito “segurança e domínio na exposição do conteúdo”

8.11 Serão agraciados com Menção  Honrosa os trabalhos que forem classificados em  primeiro, segundo e terceiro lugar, para cada um dos três eixos da Mostra, durante a cerimônia de premiação do 73º CBEn, a realizar-se em 19 de novembro de 2022.

9.1 Os trinta melhores trabalhos selecionados para concorrer a prêmio serão apresentados na modalidade oral, pelo(a) relator(a) que fez a submissão, nas “Sessões de apresentação oral dos trabalhos da V Mostra Nacional de Experiências em Enfermagem na Atenção Primária à Saúde”, exclusivamente por vídeo pré-gravado;

9.2 Os vídeos deverão ser submetidos na área restrita do(a) relator(a), no site do evento, em data a ser estabelecida e divulgada no site do 73º CBEn;

9.3 Os vídeos devem ter duração de no máximo 15 minutos e após cada exibição será discutido, ao vivo, com possíveis questionamentos das(os) avaliadoras(es) para os(as) autores(as);

9.4 É obrigatório que pelo menos uma(um) das(os) autoras(es) esteja presente na sala virtual no momento da exibição do vídeo referente ao seu trabalho. Na ausência, o trabalho não concorrerá ao prêmio;

 9.5 As orientações para gravação e submissão do vídeo estarão disponíveis no site do evento;

9.6 Os trabalhos aprovados na modalidade E-pôster serão expostos na plataforma virtual do evento. Para isso, o(a) relator(a) deverá enviar o arquivo em PDF, seguindo o modelo de template disponibilizado no site do evento,  impreterivelmente até o dia 15/10/2022. A submissão do PDF deverá ser feita na área restrita do participante que inscreveu o trabalho;

10.1 Todos os trabalhos classificados para apresentação oral ou e-pôster receberão um certificado em arquivo PDF, a ser disponibilizado no site do evento, na área restrita do(a) autor(a) que submeteu o trabalho, aproximadamente 15 dias após o encerramento do 73º CBEn;

10.2 Será emitido apenas um certificado por trabalho apresentado, com o nome de todos(as) os(as) autores(as), nominando o(a) relator(a). Os certificados serão emitidos conforme os dados informados no formulário no momento da submissão do trabalho, não sendo possível alterações posteriores.

11.3 Os trabalhos premiados em primeiro, segundo e terceiro lugares, em cada eixo do evento, receberão Menção Honrosa, contendo a classificação obtida, o título do trabalho e os nomes de todos(as) os(as) autores(as).

12.1 A coordenação da V Mostra Nacional de Experiências em Enfermagem na Atenção Primária à Saúde será exercida por um representante da Comissão Organizadora do 73º CBEn e pela coordenadora do Departamento de Enfermagem na Atenção Básica (DEAB) da ABEn Nacional.

13.1 Os(as) relatores(as) dos trabalhos classificados para apresentação oral serão informados oportunamente sobre data, horário e local das apresentações, por e-mail cadastrado e informação no ambiente restrito ao congressista na página do evento: www.abeneventos.com.br/73cben;

13.2 O descumprimento de qualquer uma das normas de submissão implicará na desclassificação do trabalho, sem possibilidade de recurso;

13.3 Não haverá possibilidade de interposição de recurso no caso de desclassificação ou resultado negativo da avaliação dos trabalhos;

13.4 Os casos omissos neste Edital serão resolvidos pela Coordenação do Departamento de Enfermagem na Atenção Básica (DEAB) da ABEn Nacional, juntamente com a Comissão Executiva do 73º CBEn.

Brasília-DF, 01 de junho de 2022.

Sandra Rejane Soares Ferreira

Coordenadora do DEAB ABEn Nacional

Sonia Acioli

Presidente da ABEn Nacional